Eu não gostava de Gatos e, agora tenho dois!

domingo, outubro 02, 2016


Olá Meus Amores,
Hoje venho partilhar uma parte da nossa história pessoal.
Olhando para trás no tempo,
dou por mim a recordar afirmações ditas com muita convicção, do género:
-"Eu não gosto de gatos!!!..."
-"Gatos, credo!... Enchem a casa de pêlo!..."
- "Os gatos têm mau feitio..."
(...) e tantas outras deste género.

Acreditem ou não, hoje tenho uma visão completamente diferente sobre esses animais peludos
e, sou completamente apaixonada por eles.
Hoje em dia tenho duas gatinhas fofas e,
o mais engraçado, é como a história dos meus gatinhos se repete no tempo
e foca sempre num mesmo motivo;
adoptar gatinhos que precisam dum Lar que os acolha!

Vou então contar-vos as histórias das minhas Gatinhas.
Sim, todas elas são meninas!... hehehe...
Yara, Lola e Luna.

A minha primeira gatinha, chamava-se Yara, uma gatinha siamesa.
A ideia de adoptar surgiu, porque uma colega de trabalho, precisava de arranjar quem adoptasse
a última ninhada da sua gata.
Após conversar com o maridão, lá o consegui convencer a trazer a gatuxa para casa.
Ficou connosco, durante cerca de 8 anos, mas depois tivemos de lhe arranjar outro lar...
Nessa altura fiquei grávida da minha filha mais nova e,
além da gravidez ser de alto risco, detectou-se que eu não era imune à toxoplasmose.
Foi uma grande tristeza e um sentimento de perda imensa!!!
Chorei durante meses....
e decidimos que o lugar da Yara, não se podia voltar a preencher.

Mas a vida dá muitas voltas e a nossa história mudou...

Eis a história da Miss Lola.

A Miss Lola tem cerca de 3 aninhos.
Não sabemos ao certo, porque quando a conhecemos, 
quem a tinha também não sabia... achava que "deveria ter uns 3 meses de idade".
E foi tão simples quanto isto; 
Num belo dia de domingo do mês de Março de 2014,
tinhamos eu e o mardão, ido às compras, 
quando reparamos numa loja de animais com um papel afixado a dizer
"Dão-se Gatinhos".
Nessa altura, eu andava com alguns problemas de saúde e sentia-me muito em baixo.
Sem pensar muito, o meu marido quase que me arrastou para dentro da loja, 
achando que um gatinho me iria animar.
Para nossa desilusão, já não havia gatinhos para escolher...
havia apenas uma gatinha que, pelos vistos ninguém queira porque... 
pasmem-se: era Preta.
A superstição aos Gatos Pretos, 
fez com que aquela coisinha linda, não conseguisse arranjar um novo Lar.
Meus Amores,
Acreditem ou não, foi amor à primeira vista!
Com ou sem superstição, pegamos na gatinha e trouxe-mo-la connosco.
Está connosco há cerca de 3 anos e faz as delícias de todos.

Agora vem a história da Miss Luna.
Esta história começa, quando uma grande amiga minha, 
publica uma foto com 3 gatinhos para adoptar.
Eram 3 fofurices pequeninas com apenas 1 mês de idade e completamente brancos.
Lindos de morrer....
Olhei, pensei cá para com os meus botões:
"como era giro ter uma amiguinha para a Lola brincar e,
ainda por cima toda branca, para contrastar!"
O meu pensamento ficou por ali.
Passado um mês, ou talvez mais, aparece novamente o mesmo pedido da minha amiga, 
com os mesmos 3 gatinhos, que continuavam a precisar dum novo Lar.
Bem, escusado será dizer que,
 não descansei enquanto não convenci o maridão que tínhamos de ir buscar um dos gatinhos...
mais propriamente a gatinha.

Final da história...
Fizemos 400 quilómetros de carro, para ir buscar a Luna.
Agora temos duas gatinhas lindas, que se adoram uma à outra, parecem irmãs!
Se quiserem ver a história da nossa viagem para ir buscar a Luna, assistam o vídeo abaixo.


You Might Also Like

0 comentários